Professor foi morto com 32 facadas na PB por divulgar nome com quem mantinha caso amoroso

0
1303

 

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios do Litoral Sul, com sede em Alhandra, elucidou o homicídio que teve como vítima o professor pernambucano Walyngre da Silva Costa, 38 anos, ocorrido no dia 25 de fevereiro deste ano, na cidade de Pedras de Fogo. 

O trabalho investigativo levou ao cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão em desfavor de três adolescentes e ainda de Eduardo Emiliano Gomes, conhecido como ‘Du’. O crime foi motivado por vingança, porque a vítima teria divulgado seu relacionamento amoroso com um dos autores do homicídio.

 

O corpo do professor foi encontrado na zona rural de Pedras de Fogo, com aproximadamente 32 perfurações, no dia 26 de fevereiro, após ter desaparecido no dia anterior.

 Os detalhes das investigações e das apreensões e prisão serão repassados à imprensa na manhã desta quarta-feira (9), a partir das 10h, na Central de Polícia de João Pessoa, bairro do Geisel.E

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome