14/05/2015 às 17h39 • atualizado em 14/05/2015 às 17h48
Pesquisa do Ideme

Custo de vida em João Pessoa cai para menor índice em 2015

O Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) informou, nesta quinta-feira (14), que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade de João Pessoa apresentou um acréscimo nos preços médios de 0,28% no mês de abril. É o menor índice registrado neste ano. Em janeiro, o custo de vida sofreu um aumento de 1,13%, em fevereiro de 1,71% e no mês de março o valor da taxa foi de 0,74%. Com o resultado de abril, o acumulado no ano ficou em 3,91% e nos últimos doze meses em 8,44%.

Segundo o estudo do Ideme, dos sete grupos que compõem o cálculo do custo de vida em João Pessoa, quatro apresentaram alta de preços que vão desde 0,58% a 2,07%, enquanto três tiveram deflação variando entre 0,17% a 3,94%, no mês de abril/2015. Os grupos que registraram alta nos preços foram: Alimentação (2,07%), Vestuário (1,88%), Saúde (1,08%), Habitação (0,58%). Já os grupos de Artigos de Residência, Serviços Pessoais e Transporte apresentaram variações negativas de 3,94%, 0,44% e 0,17%, respectivamente.

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, a pesquisa do Ideme identificou que os produtos, cujos preços mais aumentaram em abril, foram: passagem aérea (37,42%), bolsa feminina (34,81%), pimentão (34,63%), relógio de mulher (24,05%), móveis de cozinha (16,60%),  biquíni de praia (14,85%), chuchu (14,22%), coentro (12,40%), calça comprida de homem (12,20%), tomate (11,86%), calcinha de criança (11,71%), salsicha (11,51%), costela de boi (11,39%), telefone  público (10,82%), médico (10,81%), feijão macassar (10,59%), correios (10,52%), relógio de homem (10,47%) e ovos de galinha e queijo do reino (10,13%), respectivamente.

Comentários