Botafogo derrota o Treze por 2 a 1 e precisa de empate para ir à final

0
6

Depois de travarem uma disputa na Justiça Desportiva, Botafogo-PB e Treze entraram em campo já sabendo que quem passasse pelo confronto iria decidir a grande final com o Campinense. A partida começou um pouco nervosa com os dois times se estudando muito nos minutos iniciais.

A primeira chance do jogo só surgiu aos 10 minutos do 1º tempo, numa jogada trabalhada por Felipe Cordeiro, que cruzou para Dico ajeitar de cabeça para Marcos Aurélio. O jogador do Belo tentou achar o canto direito do goleiro Saulo, mas a bola passou tirando tinta da trave.

Precisando do resultado, o time do Botafogo segue pressionando, mas sem levar perigo ao gol do Galo da Borborema. A equipe de João Pessoa segue dominando a partida, com maior tempo de posse de bola.

Aos 40 minutos, Hiroshi fez valer a velha máxima do futebol, de que ‘quem não faz, leva’. O jogador do Botafogo recebeu um passe do atacante Dico, e após dominar a bola, fez um belo gol de cavadinha. Um minuto antes, o Treze havia desperdiçado a chance de abrir o placar numa jogada de Danilo Itaporanga e Leílson.

O segundo tempo da partida inicia com o Treze pressionando. Em seguida, o time da Capital consegue equilibrar o jogo, mas não resiste ao gol de empate marcado por Leonardo Luiz aos 20 minutos.

Aos 33 minutos, por pouco o Botafogo não toma a virada numa jogada de Talisson, que o goleiro Saulo espalmou.

Quando a partida já se encaminhava para o seu final, o Belo fez o gol que garantiu a vitória diante do Treze. Aos 43 minutos, o meia Allan Dias marcou para o time pessoense.

O jogo da volta acontece no próximo domingo (1º), no estádio Amigão, em Campina Grande.

Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome