Deputados derrubam veto e mantêm lei que permite atendimento prioritário a autistas

0
19

A Assembleia Legislativa derrubou nesta quarta-feira (7), por 19 votos a 4, o veto do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao projeto de lei do deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) que determina a inserção do símbolo mundial do autismo nas placas que sinalizam atendimento prioritário em estabelecimentos públicos e privados.

Na ocasião, o deputado estadual Anísio Maia (PT) criticou a postura de governo de vetar a propositura.

“Quando você vota contra esse veto, não se vota contra o governo, está votando a favor de uma atenção especializada para um tipo de atendimento específico. E eu pergunto: um simples sinal custa o que para uma causa tão importante?”, questionou ao assegurar que não é “cordeirinho” para votar uma matéria contrária ao seu posicionamento.

A deputada Estela Bezerra defendeu a manutenção do veto ao indagar se o projeto se a legislação sugerida teria efeitos reais.

“Ela vai modificar a vida das pessoas ou simplesmente vai produzir uma infração de lei que deveria já estar funcionando neste momento”, disse.

O líder da oposição, Bruno Cunha Lima, comemorou a votação desta quarta-feira.

“É um momento de muita vitória para uma parcela importante da sociedade que tem crescido cada vez mais. Previsões mais recentes dão conta de que até 2030, entre uma e duas crianças a cada três nascidas, terão autismo”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome