08/10/2017 às 08h33 • atualizado em 08/10/2017 às 08h51
Homicídio

Cantor é assassinado a tiros após discussão durante bebedeira na Paraíba; ex-policial é suspeito do crime

Um ex-policial militar é suspeito de matar a tiros o cantor Lindocil Rodrigues da Silva, 49 anos, no distrito de São Gonçalo, região de Sousa – Sertão da Paraíba -, por volta das 16h deste sábado (7). De acordo com a Polícia Militar, ainda não se sabe o que motivou a ação criminosa, mas os dois estavam bebendo em um local da Rua 16 quando discutiram e o militar atirou.

A PM ainda informou que o suspeito de matar o cantor serviu a polícia do estado por mais de 30 anos e se aposentou há cerca de dois anos. Quanto à vítima dos disparos, a polícia disse que ele já foi condenado a 30 anos de prisão por ter matado os dois irmãos em São José da Lagoa Tapada, também no Sertão da Paraíba, na década de 1990.

O cantor teria recorrido da decisão em todas as esferas da Justiça e conseguiu se livrar da pena, conforme a PM informou.

O ex-policial suspeito de matar o cantor fugiu do local e a polícia está desde às 17h realizando buscas pela cidade de Sousa e região.

G1

Comentários

Recomendado para você