13/05/2015 às 16h39
Gira Calçados em CG

Maior feira de couro e calçados do Nordeste deve movimentar mais de R$ 6 milhões

A abertura do 4º Gira Calçados contou com a participação de mais de 300 pessoas, nesta terça-feira (12), em Campina Grande. Cerca de 70 expositores e 350 lojistas farão negócios em até um ano que movimentarão aproximadamente R$ 6 milhões. Mais de dois mil produtos estarão expostos até a próxima quinta-feira (14), na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep). No primeiro dia do evento, foi realizada a palestra “Perfil do varejo brasileiro de calçados”, com o diretor do grupo Couromoda, Aírton Dias, e um desfile de moda.

Durante a abertura do Gira Calçados, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Paraíba, Francisco Benevides Gadelha, evidenciou a importância do setor de moda para o mundo. “É um dos setores mais importante da economia porque tem um grande mercado consumidor. Vemos que a indústria de calçados do Nordeste já influencia os consumidores”, disse.

O superintendente do Sebrae na Paraíba, Walter Aguiar, expôs os números do setor, como a última exportação do Estado, que gerou cerca de 100 milhões de dólares. “A Paraíba tem 196 fábricas de calçados formalizadas, que geram 25 mil empregos diretos e indiretos. Para que as micro e pequenas empresas cresçam ainda mais é preciso uma reforma tributária”, enfatizou.

Os outros representantes das instituições parceiras também se pronunciaram durante a solenidade de abertura do Gira Calçados. O secretário executivo de Indústria e Comércio da Prefeitura de Campina Grande, Marcos Procópio, destacou que o setor de calçados já representa uma boa parte do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. Já o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Estado da Paraíba, Laplace Guedes, parabenizou a equipe realizadora do evento e o palestrante da noite, Aírton Dias.

“O palestrante trouxe esclarecimentos para todos da cadeia produtiva. O governo do estado está analisando os Arranjos Produtivos Locais (APLs) e traçando um plano de desenvolvimento econômico estadual. Uma das prioridades do governo, junto ao Ministério da Integração, são as APLs. Estamos fechando um convênio com a UFPB, que vai atualizar o mapa das APLs no Estado para darmos continuidade ao apoio”, falou.

O presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados da Paraíba (Sindicalçados), Sebastião Acioly, disse que o crescimento de 3,6%, previsto para o setor neste ano, deixa a cadeia produtiva mais positiva em relação ao mercado. “Agradeço a participação de instituições tão sérias na busca pela construção desse evento. Com todos os problemas que surgiram este ano, a gente ainda consegue estar no 4º lugar no ranking das exportações graças às instituições que apoiam o setor”, concluiu.
Couromoda – Durante a palestra de abertura, Aírton Dias lembrou que a Couromoda já tem data marcada. O evento tem mais de 30 anos no mercado da moda e acontecerá de 10 a 13 de janeiro de 2016 em São Paulo. Aírton é consultor de varejo há mais de 30 anos, trabalhou para empresas como a Vulcabras e possui vasto conhecimento sobre o mercado dos lojistas. A pesquisa do mercado varejista foi apresentada nos 11 polos de calçados do Brasil.

Comentários