18/07/2017 às 08h19
Prefeito Afastado

Executiva Estadual do Podemos decide pela expulsão prefeito preso Berg Lima

A Executiva Estadual do Podemos na Paraíba posicionou-se pela expulsão de Berg Lima do partido. A decisão foi tomada em reunião, na tarde desta segunda-feira (17), pela unanimidade dos presentes. Mas a palavra final sobre o caso do prefeito afastado de Bayeux quem vai dar é o Conselho de Ética da Executiva Nacional, em Brasília, que avocou a competência para julgamento, segundo explicou o presidente estadual do partido, deputado estadual Janduhy Carneiro.

“Nós fomos pelo caminho que trilha o partido, pela ética, pela decência, e todos os membros entendem que o caminho seria esse”, afirmou Janduhy.

Segundo ele, a competência para decidir sobre o caso, normalmente, seria do presidente da instância municipal do partido, mas como quem preside o diretório municipal é Berg Lima, a Executiva Nacional avocou o processo. Sendo assim, Berg Lima poderá exercer o seu direito de defesa e ao contraditório perante a Executiva Nacional.

Dos sete membros do partido na Paraíba, na reunião que teve início às 16h, estiveram presentes cinco membros, que votaram de forma unânime pela expulsão de Berg da legenda, e encaminhamento dos fatos ocorridos para o Conselho de Ética da Executiva Nacional julgar o caso, em Brasília.

“A Executiva Estadual está encaminhando para a Nacional todos os fatos narrados com relação a esse caso na Paraíba. A decisão da Executiva Estadual foi unânime pela expulsão, inclusive também participou dessa reunião um representante de Bayeux, membro da Executiva Estadual do partido, o ex-secretário de Planejamento de Bayeux, Ronaldo Luiz da Silva, que é tesoureiro do Podemos na Paraíba.

Wscom

Comentários