20/06/2017 às 08h11 • atualizado em 21/06/2017 às 08h02
Homicídio

Namorado teria matado companheira a golpes de martelo em Santa Rita por ela não atender os telefonemas dele; suspeito está preso

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho investigativo do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, prendeu nessa segunda-feira (19), Edmilson Carvalho da Silva,  como sendo o autor do assassinato de Djalmira da Silva Nascimento, encontrada morta e enrolada em um lençol, no domingo (18), em um canavial próximo à Usina São João, zona rural de Santa Rita-PB. A prisão aconteceu em menos de 24 horas. Ele era namorado da vítima.

De acordo com o delegado de Homicídios, Carlos Othon, explicou que Edmilson estava mantendo um relacionamento amoroso com Djalmira e teria a matado em um momento de fúria por ela não atender aos telefonemas dele.

“O casal vinha mantendo um caso conturbado. No sábado, ele ligou diversas vezes depois de ter saído de um clube em Mandacaru e Djalmira não atendeu. Ele encontrou com ela e teria cometido o crime. A perita disse que tinha marcas no rosto provocadas por martelo”, explicou o delegado.

Os agentes do Núcleo de Homicídios ainda apreenderam o automóvel utilizado na desova do cadáver. Durante a perícia realizada ainda na noite dessa segunda (19) foi constatado pelos peritos, através do uso do reagente luminol, que o referido automóvel apresentava vestígios ao que tudo indica de sangue, notadamente no porta-malas, onde o corpo possa ter sido transportado.

O preso será apresentado nesta terça-feira (20) a audiência de custódia. O NHSR segue firme no combate aos CVLIs ocorridos na região de Santa Rita.

Comentários

Recomendado para você