Novo prefeito de São João do Cariri é empossado e indica auxiliares

0
6

Com a morte do prefeito Marcone Medeiros, ocorrida na última segunda-feira (29), no Hospital do Câncer em Recife/PE, a Câmara Municipal de São João do Cariri empossou o novo prefeito da cidade, Cosme Gonçalves (DEM), durante sessão extraordinária nessa quarta.

A sessão foi aberta pelo presidente da Câmara, vereador Helder Trajano (PMDB), que após os procedimentos e praxe e o juramento de Cosme, ele foi empossado oficialmente.

Cosme Gonçalves era rompido politicamente com o prefeito falecido, Marcone Medeiros, e, inclusive, havia boatos nos bastidores da política são-joanense, que ele iria se candidatar a prefeito da cidade em 2016, pelo o grupo de oposição.

O novo prefeito disse em seu discurso, que seu primeiro ato como chefe do executivo seria publicar um documento decretando três dias de luto em memória de Marcone, que foi sepultado nesta terça-feira (30).

SECRETARIADO

Em entrevista na Rádio IND FM de Serra Branca, Cosme Gonçalves anunciou os primeiros secretários convidados para sua nova gestão. Entre os nomes escolhidos, está o vereador Francisco Júnior, que foi convidado para assumir a Secretaria de Administração. O enfermeiro Marcos foi escolhido como novo secretário de Saúde, Issac Costa irá assumir a Secretaria de Educação, e Paulo Gaudêncio, será o novo Secretário de Infraestrutura.

MAIORIA NA CÂMARA

O novo prefeito de São João do Cariri começa o seu mandato com maioria na Câmara de Vereadores. O prefeito falecido, Marcone Medeiros, teve dificuldades no seu terceiro mandato, devido a forte oposição contra ele e por não ter maioria no legislativo.

Em contato com o Portal VITRINE DO CARIRI, o vereador Francisco Júnior confirmou a informação, e revelou que o novo prefeito terá maioria no legislativo, mas, não revelou os nomes dos vereadores que irão compor a base aliada.

TRAJETÓRIA POLÍTICA

Cosme Gonçalves tem uma trajetória política de vitória, onde já foi eleito vereador cinco vezes em São João do Cariri. Em 2008, obteve 242 votos na disputa pelo sexto mandato no legislativo, mas, devido a uma briga interna com o partido, Cosme não conseguiu se reeleger, mesmo sendo o segundo candidato a vereador mais bem votado, por não ter atingindo o coeficiente eleitoral do partido (votos suficientes).

Em 2012, Cosme se candidatou a vice-prefeito na chapa encabeçada por Marcone Medeiros (in memoriam), pelo grupo de oposição, e conseguiram se eleger com maioria dos votos dos sãojoãoense.

Porém, a aliança com Marcone não demorou muito tempo, e durante o mandato eles romperam politicamente. Cosme estava na oposição antes da morte do prefeito, e planejava disputar o cargo de prefeito em 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome