19/06/2015 às 17h46
200 homens em serviço

São João em João Pessoa já tem esquema de policiamento

As Polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros da Paraíba vão empregar um efetivo de 200 homens e mulheres nos festejos juninos deste ano na Capital. De acordo com o plano operacional, o efetivo será distribuído nos dias 23 e 24, no Ponto de Cem Réis, Centro de João Pessoa, onde acontece o ‘São João pra valer’.

Quem disponibiliza maior efetivo é a Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo. Serão 120 homens trabalhando no Ponto de Cem Réis, com apoio de Pontos de Observação Policial (POPs), além do policiamento motorizado nas imediações da festa, Terminal de Integração do Varadouro e no Parque Solon de Lucena (Lagoa). A segurança nestes locais será feita a pé, por equipes da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas (Rotam) e também pela Força Tática.

Já a Polícia Civil vai disponibilizar 60 policiais, entre delegados, agentes de investigação e ainda escrivães. De acordo com o titular da 1ª Superintendência de Polícia Civil, Marcos Paulo Vilela, a 2ª Delegacia Distrital (2º DD), no Centro, funcionará em regime de plantão para atender as ocorrências relacionadas ao evento. A Delegacia de Infância e Juventude também receberá um reforço no efetivo para dar conta da demanda de crimes envolvendo adolescentes. Além da especializada, a 12ª Delegacia Distrital, localizada no Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp), em Manaíra, terá um reforço no número de policiais.

O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba também elaborou um esquema especial para o ‘São João pra Valer’. Serão escalados 20 bombeiros por noite. Em cada dia de festa, serão ainda disponibilizadas duas viaturas de atendimento pré-hospitalar e uma de combate a incêndio.

Interior – Para garantir a segurança nas cidades de Solânea e Bananeiras, o comando do 4º Batalhão da Polícia Militar montou um esquema que envolve 150 policiais para o reforço nas duas cidades. Além do incremento no efetivo, a PM vai atuar também com Pontos de Observação Policial (POPs), bloqueios e aumento do número de rondas, principalmente nos trechos que dão acesso aos festejos.

Em Solânea, as festas começam neste domingo (21) e vão até a próxima terça-feira (23), na Praça Matriz da cidade, onde a PM vai atuar com um reforço médio de 100 policiais por noite. Já em Bananeiras, os festejos começam neste sábado (20) e também vão até a próxima terça-feira (23). No município, será empregado um reforço de 50 policiais a pé, no local do evento, com a Ronda Ostensiva Tática, Apoio de Motocicletas (Rotam) e Rádio Patrulha atuando nas imediações.O Batalhão de Operações Especiais (Bope) vai realizar bloqueios policiais em vários pontos para aumentar a segurança e abordar pessoas e veículos suspeitos.

Em Patos, o Corpo de Bombeiros vai empregar o efetivo de 30 homens por dia, apoiados por sete viaturas das diversas modalidades de atendimento da corporação. Uma atenção especial será dada ao Terreiro do Forró, onde acontecem os shows abertos ao público.

No local da festa, o efetivo será distribuído em pontos estratégicos, atendendo prontamente a todas as ocorrências que surgirem no foco principal do evento. Também será instalada uma tenda móvel na área do Coreto II, onde haverá uma guarnição equipada com extintores de incêndio móveis.

Próximo ao palco principal da festa, a corporação contará ainda com um Posto Elevado de Observação, onde ficarão bombeiros prontos para realizar primeiros socorros. Além de Patos, também terão reforço o São João das seguintes cidades: Cajazeiras (10 bombeiros por dia, com quatro viaturas), Sousa (12 homens e três viaturas), Pombal (Sete e três viaturas) e Catolé do Rocha (sete homens e duas viaturas).

Todas as outras cidades do Estado que terão festas juninas também vão receber reforço no efetivo de Polícia Civil. No município de Patos, 50 homens estarão de plantão na Delegacia Seccional. Nas demais cidades do Estado, onde acontecem os festejos tradicionais da época, a Polícia Civil trabalhará de forma velada.

Parque do Povo – A Polícia Militar está empregando, nos dias considerados de maior concentração de público, 453 homens e ainda conta com o monitoramento de 73 câmeras, instaladas na área do Parque do Povo e adjacências. Doze desses equipamentos são de longo alcance e ficam em uma unidade móvel. Estão sendo disponibilizadas ainda 20 viaturas que ocupam o local da festa, diariamente, realizando rondas em bairros próximos. O policiamento também é feito a pé, motorizado e com o apoio da cavalaria, Batalhão de Choque e Rotam.

Já a Polícia Civil trabalha com 34 policiais, diariamente, formando equipes de delegados, agentes de investigação e escrivães. Estes grupos serão distribuídos entre a Delegacia do Forró, no Núcleo Integrado de Segurança Pública no Parque do Povo, e ainda no Plantão da Central de Polícia e nas delegacias especializadas.  São seis viaturas, sendo duas nas imediações do Parque do Povo.

O 2º Batalhão de Bombeiros Militares está colocando à disposição 57 homens, que trabalham, diariamente, nos locais de festa. São 10 viaturas posicionadas em pontos estratégicos do Parque do Povo e bairros próximos. Os Bombeiros realizam trabalho preventivo e ainda de orientação (prevenção de incêndios e acidentes em estabelecimentos comerciais e de hospedagem; além de vistorias técnicas em extintores de incêndio e locais de venda de fogos de artifício).

Outros Serviços – A delegacia online (www.delegaciaonline.pb.gov.br) e ainda o Disque Denúncia (197) estão à disposição da população. Quanto à delegacia online, ela pode ser acionada apenas para comunicar crimes cometidos sem o uso de violência, a exemplo de furtos, ou extravios de documentos. Só nesses casos será possível fazer o registro do Boletim de Ocorrência pela internet.

Comentários

Recomendado para você