11/06/2015 às 11h41
CRÍTICAS

Luciano Cartaxo contraria partidos aliados e critica condução da reforma política

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), deu declarações, na manhã de hoje, que reforçam a crise estabelecida com o PMDB. Cartaxo  criticou ausência de projeto, falta de participação popular e atestou que nada será mudado com a reforma política.

“O Congresso não está assumindo o seu papel de fazer uma reforma política verdadeira. Não tem reforma sendo realizada. São questões fatiadas sendo discutidas separadamente, sem nenhuma participação popular. Nós não temos nada de novo que possa ser agregado de valor ao processo democrático do país”, disse o prefeito.

Cartaxo sugeriu que antes de iniciar as votações, os parlamentares deveriam ter construído um projeto abrangente que contemplasse todas as temáticas para que depois houvesse a apreciação em plenário.

Ele foi taxativo ao apontar que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, conduz uma bancada que não pretende fazer mudanças reais:  “Não vai alterar em absolutamente nada o processo eleitoral e não vai engrandecer em nada a transparência, a qualidade do processo, a participação popular, então estou profundamente  decepcionado com o que estou vendo no Congresso Nacional”.

Comentários