Coren aponta precariedade e setor de hospital da Paraíba

0
6

Moradores do município de Juazeirinho, na região da Borborema, a 190 km de João Pessoa, estão reclamando que o único o hospital da cidade está sem atendimento por falta de médicos. Nessa quarta-feira (25), um cartaz foi fixado na entrada da unidade dizendo: “Por falta de médico e enfermeiros, estamos sem atendimento”. A prefeitura diz que foi um caso isolado, mas a equipe de enfermagem pode ser interditada pelo Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB). A unidade foi a mesma em que uma paciente provocou uma quebradeira após reclamar de demora no atendimento.

Em denúncias enviadas ao Portal Correio pelo WhatsApp, usuários do serviço de saúde relatam que, além da não realização de consultas, quem precisa fazer o retorno médico para mostrar os exames solicitados fica impedido devido à falta de profissionais na unidade. Além disso, as más condições da estrutura, falta de insumos e alguns medicamentos também causam reclamações.

Em umas das mensagens, um leitor informou: “Hospital Municipal de Juazeirinho-PB é vergonhoso sem médico e enfermeiro. Isso aconteceu hoje e a população está revoltada. A Saúde de Juazeirinho está um desastre”.

O presidente do Coren-PB, Ronaldo Beserra, disse que a entidade fez uma vistoria e a fiscalização detectou inúmeras irregularidades no setor de enfermagem. Uma segunda inspeção será feita na unidade nos próximos dias e, caso os problemas continuem, o Coren vai interditar eticamente o setor.

“Já entregamos um relatório à gestão municipal sobre os problemas no setor de enfermagem. Faltam insumos, segurança e não há condição de trabalho porque a unidade é de medicina, sendo imprescindível a presença de um médico. Os enfermeiros não podem se responsabilizar pela medicina. Devido à falta de médico no hospital, a população está revoltada e a equipe de enfermagem corre o risco de vida. Os moradores que procuram atendimento estão muito agressivos. Não vamos deixar que os enfermeiros sejam agredidos por irresponsabilidades de terceiros”, falou o presidente.

Outro lado

O chefe de gabinete da Prefeitura de Juazeirinho, Adilson Cardoso, informou que a unidade está sem médico plantonista apenas nas quartas e sábados por conta da carência de profissionais na região e que ainda este mês um profissional deve ser contratado para atender a população. Sobre as condições do prédio e a falta de medicamentos, Cardoso garantiu que o hospital funciona com todos os materiais básicos para atender os moradores.

Com relação ao cartaz na entrada da unidade, o chefe de gabinete falou que foi afixado pela equipe de enfermagem nesta quarta-feira (25), dia que não há médico de plantão. Mas que, após a informação, a prefeitura normalizou o atendimento.

 

Portal Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome