Governo assina termo de cooperação e BNB vai financiar energia solar para agricultores paraibanos

0
5

O Governo da Paraíba firmou na manhã desta segunda-feira (23), no Palácio da Redenção, um acordo de cooperação com o Banco do Nordeste para viabilizar o uso de sistemas de energia solar na irrigação das lavouras paraibanas. O Banco vai investir no mínimo R$ 10 milhões por ano e o crédito é destinado para agricultores familiares do Estado.

De acordo com o superintendente do Banco do Nordeste na Paraíba, Wesley Maciel, os agricultores familiares terão acesso especial à linha de crédito de investimento em energia renovável e sustentabilidade do Programa Nacional da Agricultura Familiar, por meio do Pronaf-ECO. “Com esse acordo de cooperação, o banco coloca no mínimo R$ 10 milhões por ano para que esses agricultores recebam a tecnologia de ponta, com juros e prazo adequados”, ressaltou.

Conforme o secretário da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido da Paraíba (SEAFDS), Lenildo Morais, a efetivação do acesso ao crédito pelos agricultores familiares será acompanhada pela Secretara por intermédio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) e da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa-PB).

Os limites de crédito do Pronaf Eco são de até R$ 150 mil por agricultor individual e de até R$ 750 mil por cooperativa ou associação. As taxas de juros variam entre 2,5% (para operações até R$ 10 mil); 4,5% (operações entre R$ 10 mil e R$ 30 mil); e 5,5% ao ano (para os valores acima de R$ 30 mil), com prazos de quitação de até 10 anos e carência de até três anos.

O governador Ricardo Coutinho falou da importância da energia solar na área de produção agrícola e lembrou que além da agricultura familiar, a parceria vai beneficiar a produção da piscicultura no estado.  “Nós tivemos que mudar normativas dentro da Sudema para desburocratizar o acesso às licenças dos agricultores familiares e ao mesmo tempo tivemos o Banco do Nordeste vindo para essa parceria. Além da agricultura, a iniciativa deve aumentar a produção da piscicultura”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome