Mais de 190 mil pessoas ainda faltam ser vacinadas contra gripe na PB

0
9

A Campanha de vacinação contra a gripe se encerra nesta sexta-feira (20) e a Paraíba ainda não atingiu a meta estabelecida. De acordo com balanço da Secretaria de Saúde do Estado, até o fim da tarde desta quinta-feira (19), a Paraíba vacinou 77,69% (662.825) da população prioritária de 853.196, ou seja, faltam ser vacinadas 190.371 pessoas. Essa meta de cobertura do Estado, não computa os presos, funcionários do sistema funcional e pessoas com doenças crônicas. A campanha deste ano foi aberta oficialmente no dia 30 de abril.

Em João Pessoa, foram imunizadas 109.416 pessoas, o correspondente a 70,24% da meta, ou seja, ainda faltam ser vacinadas na capital 14.584 pessoas. Alguns postos de saúde de João Pessoa chegaram a ficar sem vacina, o que fez com que algumas pessoas tivessem que voltar novamente aos postos para conseguirem se imunizar.

Já em Campina Grande, a meta foi superada. Na cidade, foram imunizados 91,03% do público-alvo, o que corresponde a 75.463. O total de pessoas que fazem parte do público-alvo da campanha é de 70.872, ou seja, cinco mil pessoas se vacinaram além da meta. De acordo com a Secretária de Saúde do Município, o foto ocorreu devido ao número elevado de profissionais de saúde na cidade. A meta era vacinar 6.826 trabalhadores da cidade que atuam em hospitais, Unidades Básicas de Saúde, clínicas e laboratórios públicos e privados.

“Embora o encerramento da campanha esteja programado para esta sexta, os municípios que ainda não alcançaram a meta ou ainda possuírem doses disponíveis, podem seguir vacinando a população prioritária”, explica a gerente estadual de Imunização, Isiane Queiroga.

Para a campanha em 2016, a Paraíba recebeu um milhão de doses da vacina contra a gripe. O público-alvo são crianças de seis meses a menores de cinco anos, indivíduos com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e trabalhadores do sistema prisional, população indígena, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas e jovens 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas. O público-alvo deve apresentar o cartão de vacinação nos postos.

A vacina, disponibilizada pelo Ministério da Saúde, protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B). Em todo o país, 78,2% do público-alvo já foi imunizado.

De acordo com o Ministério da Saúde, apenas nove estados alcançaram cobertura superior a 80%: São Paulo (89,4%), Distrito Federal (89,2%), Espírito Santo (87,6%), Amapá (86%), Santa Catarina (85,8%), Rondônia (85,3%), Paraná (84%), Rio Grande do Sul (83,1%) e Goiás (81,8%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome