Servidores protestam no plenário da Câmara Municipal e geram tumulto

0
4


Durante a tarde desta quinta-feira (31), servidores da saúde realizaram protesto no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em decorrência de uma suposta recusa do então secretário de saúde do município, Adalberto Fulgêncio, em atender as reivindicações da categoria. Na ocasião, Wanda Celi, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Saúde do Estado da Paraíba (Sindusaúde), acorrentou-se em um dos corrimões do local. A situação foi logo resolvida.

Segundo Celi, os servidores permaneceram na Câmara até o momento em que forem atendidos e suas reivindicações aceitas pelo prefeito Luciano Cartaxo. “Queremos que nossas reivindicações sejam atendidas, porque é um verdadeiro descaso o que está acontecendo com a saúde aqui em João Pessoa”, esbravejou.

“Viemos para cá, pedimos aos vereadores que intermediassem uma audiência pública com o prefeito, mas, para nossa surpresa, quem veio foi Adalberto. E ele não disse nada. Prometeu coisas futuras. Não queremos futuro, queremos agora. Estamos todos paralisados”, acrescentou.

Conforme o sindicato, os principais pontos abordados foram o pagamento da Gratificação de Desempenho de Produção (GDP) durante as férias, o vencimento base (salário mínimo) – que não vem sendo recebido -, e o pagamento de retroativos referentes de janeiro a março.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor preencha seu nome